Câncer de Bexiga

Câncer de Bexiga

O câncer de bexiga incide mais em pessoas idosas (idade mediana de 65 anos) e acomete mais homens. Segundo dados nacionais, 7.200 homens e 2.470 mulheres foram acometidos em 2016 (INCA).

 

Os fatores de risco mais implicados nesta doença são o tabagismo e contato com certas substâncias químicas derivadas do benzeno.

 

Os sintomas mais comuns são hematúria (sangramento na urina) e o diagnóstico é feito através de exame de imagem e cistoscopia com ressecção do tumor.

 

O tratamento definitivo pode ser através da RTU de bexiga, da cistectomia radical ou da radioterapia com quimioterapia.